Melhores Jovem Pan

Separador

sexta-feira, setembro 21, 2007

Ê fumacê.

Certa vez ouvi um fumante dizer: “Agora sou vítima de preconceito, não tenho mais o direito de fumar o meu cigarro...”.
Camarada fumante, quanto a mim, o que tenho a dizer é que eu não tenho nada contra o fumante, tenho sim, e muito, contra o cigarro.
O cigarro libera uma fumaça que polui o ar que eu respiro, o que além de deixar o ar com um fétido fedor horrível de fedido, me dificulta a respiração.
Quando fico perto de um cigarro que esta liberando essa fumaça meus (poucos) cabelos e minhas roupas ficam num cheiro...
Além disso, o cigarro deixa sempre uma sobra conhecida como “bituca” que geralmente é lançada ao chão.
Ou seja, o cigarro polui o ar que eu respiro e o chão que eu piso.
A menos que a OMS esteja errada, a fumaça emitida pelo cigarro é cancerigena e eu, mesmo não colocando um cigarro na boca, sou um fumante.
Isso por que o cigarro libera fumaça no ar e me obriga a respira-la, ainda mais se estivermos em um local fechado.
A OMS diz também que a fumaça que não passa pelo filtro é a pior, e é esta que o fumante passivo (eu) respira.
Por coisas assim que eu não gosto do cigarro.
Ao camarada lá do início eu teria mais algo a dizer: “Você tem tanto direito de fumar o teu cigarro quanto eu tenho de respirar um ar livre da fumaça dele”.
Ou algo assim.

Nenhum comentário:

MARTE: POR DENTRO DA SPACEX.

In Elon Musk we trust. É por esse tipo de coisa que eu gostaria de ser eterno. Quando li sobre a chegada dos europeus nas Américas eu ten...